Haiku ou BeOS: Reloaded

Estava sem nada para fazer hoje, então instalei o virtualbox aqui e rodei um vm do Haiku, aquele projeto opensource que procura ser compatí­vel com o BeOS.

Considerando que eu estava rodando numa máquina virtual e que o meu PC não é lá muuuito rápido, ele dá boot rápido, mas é meio como Windows: aparece a tela, mas ainda tens de esperar carregar os í­cones e tra-lá-lá. Infelizmente o nightly-build que eu peguei deve estar com algum problema (r29155) e não consegui executar nenhum aplicativo. A versão pre-alpha vem já com alguns softwares instalados: um terminal, o firefox, um leitor de pdf, um editor de textos simples, etc, mas não posso opinar sobre eles.

Não achei ele nada demais. Claro que estou criando um anacronismo comparando o BeOS com os SOs de hoje, com suporte a multi-user, por exemplo; mas se o Haiku quiser deixar de ser só uma cópia do BeOS, seria bom que após seu lançamento oficial, seus desenvolvedores continuassem a melhorá-lo. Se não for assim, o Haiku será apenas um brinquedo para os saudosistas.

Publicidade

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: