Dvorak ou QWERTY?

Teclados são tão comuns no nosso dia-a-dia que sequer pensamos na hora de usá-los, mas você já reparou como sua mão sobe e desce na hora de usá-lo? Além disso, a mão esquerda trabalha muito mais que a direita, já que duas das letras mais usadas no português estão lado a lado (“a” e “s”).

Mesmo em inglês, a disposição das teclas não ajuda. Foi pensando nisso que Dvorak criou o teclado que recebe seu nome. Ele estudou quais as letras mais usadas e quais os dígrafos mais comuns para que eles ficassem na fileira central (home row). O teclado inglês é obviamente diferente do teclado brasileiro, mas a teoria é a mesma.

A transição é um pouco difícil sim, mas treinando meia hora por dia já dá para ir se acostumando. Você pode treinar seu touch typing enquanto aprende, além de ser um exercício interessante.

Outros pontos positivos são:

  • É 1337;
  • Evita tendinite e outras L.E.R.;
  • Provar para si mesmo que você consegue e
  • Depois de acosumado, algumas pessoas dizem escrever mais rápido.
    Publicidade

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: