Instalação OpenSuSE

Eu tenho duas partições destinadas a sistemas operacionais, e uma partição home separada. Em uma dessas partições, tenho instalado o ArchLinux e deixei a segunda para testes ou uma eventual segunda distro padrão.

Começarei uma bateria de testes, e o primeiro escolhido foi o OpenSuSE. Escolhi fazer a instalação pela internet, porque é como estou habituado a fazer com o ArchLinux (verdade seja dita, só fiz isso duas vezes). A idéia era baixar o mínimo de pacotes o possível e depois ir baixando conforme eu precisasse.

Baixei a iso, cerca de 72MB, gravei em um CD e dei boot. Você deve escolher o mirror de onde irá baixar os pacotes. Concordo que isso deve ser feito, já que a conexão geralmente é mais rápida com um mirror mais próximo, mas ele já deveria vir preconfigurado com o mirror da Novell.

Feito isso, um kernel é carregado e começa a baixar o instalador da internet. Ele mostra uma mensagem dizendo o quanto do download já foi feito, mas quando instalei, ele não conseguiu descobrir o tamanho do arquivo via HTTP e disse que o arquivo tinha 1kb, enquanto que ele tem 66MB. Parece que deu um erro e o sistema simplesmente parou, mas felizmente temos outros terminais abertos e atraveś do nono, que tem um bash aberto, descobri um arquivo em /downloads sendo baixado.

Depois da espera, aparece um servidor X, rodando fvwm, embora ele não apareça, e um instalador em Qt (usando o estilo ‘plastik’). Ele escolhe como será instalado e pergunta se está ok. Particularmente não gosto disso. Prefiro algo mais:

Agora vamos configurar as partições.

  • Deixar o instalador escolher (recomendado).
  • Configurar manualmente (para especialistas).

Não que tenha sido difícil mudar as configurações, mas tive que confirmar algumas vezes que sim, eu sei o que estou fazendo. (Isso porque quem inventou de formatar minha partição home foi ele, não eu).

Após a instalação, reinicie e uma surpresa: Agora vamos instalar atualizações! Queridos desenvolvedores do OpenSuSE, se eu estou instalando a partir da internet é porque eu quero uma instalação com os pacotes mais recentes. Não faz sentido baixar os pacotes da internet para depois atualizá-los 5 minutos depois. Por que já não fornecem a versão atualizada durante a instalação?

Além disso, o instalador faz o mesmo processo inúmeras vezes. Durante a instalação ele baixa informações do repositório e após a instalação ele baixa novamente, e como eu atualizei o kernel e tive que reiniciar mais uma vez, adivinhe, ele baixou novamente.

Vou terminar a instalação, instalar o X + KDE, mas não volto a instalá-lo tão cedo.

Publicidade

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: