DDUH, parte 4

Depois de instalado o sistema temporário, nós temos que ‘chrootar’ na partição do LFS. Não se esqueça de fazer isso toda vez que desligar o computador, fechar o bash ou qualquer coisa do tipo.

O processo é bastante simples, embora os primeiros pacotes demorem um bom tempo para compilar (gcc e glibc).

Na verdade estou entediado com esse projeto, teria me dado mal se o tivesse deixado para as férias. Espero que pelo menos a configuração/compilação do kernel seja mais divertida.

Publicidade

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: