Japonês no Linux, né? 二

Pensei que iria demorar mais para achar a solução, mas era exatamente aquilo que eu tinha dito, problema com as fontes.

Praticamente nenhuma fonte (TrueType) dá suporte completo a todos os caracteres especificados no Unicode. No meu caso, nenhuma dava.

A solução: instalar uma fonte que dê suporte ao Hiragana, Katakana e principalmente aos Kanjis.

Procurando no Google, encontrei algumas interessantes da Epson. Infelizmente elas vem em um instalador .exe. Provavelmente deve haver um jeito de extraí-las de lá, mas fica para a próxima. Quem sabe eu não faço um artigo só sobre isso?

Enfim, a fonte escolhida foi a Bitstream Cyberbit, quepode ser encontrada aqui:

ftp://ftp.netscape.com/pub/communicator/extras/fonts/windows/

(o arquivo é “Cyberbit.ZIP”). Salve-o na sua máquina. Eu salvei o meu no meu home, então primeiro descompactamos:

unzip Cyberbit.ZIP

Aparecerá um arquivo chamado “Cyberbit.ttf”, teremos que movê-lo para o diretório das fontes (não esqueça de fazer como root).

mv Cyberbit.ttf /usr/share/fonts/TTF/

Provavelmente é o mesmo que eu coloquei aqui, qualquer coisa dê uma olhada no xorg.conf com

grep FontPath /etc/X11/xorg.conf

E então teremos que rodar dois programas no diretório das fontes e mais um para atualizar o cache de fontes do X.

cd /usr/share/fonts/TTF
mkfontscale
mkfontdir
fc-cache

Inicie um programa em GTK (Gimp, o próprio OpenOffice, ou sei lá o que) e veja se está tudo OK com a fonte.

Agora a configuração do OOo:

Ferramentas > Opções… > Configurações de Idioma > Idiomas
Em “Suporte aprimorado a idiomas”, marque “Ativado para idiomas asiáticos”, e em cima, onde está “Ásica”, selecione “Japonês”.

Na mesma janela, vá em OpenOffice.org Writer > Fonte básicas (Asiáticas) e deixe todos como “Bitstream Cyberbit”.

E é isso, espero não ter esquecido de nada.

Publicidade

3 Respostas para “Japonês no Linux, né? 二

  1. Cezar setembro 4, 2007 às 5:07 am

    Olá André !

    Instalei essa fonte no BrOffice e também a Arial Unicode MS e elas aparecem na listagem de fontes disponíveis no mesmo.

    Me desculpe se a pergunta é primária, mas como faço para os caracteres japoneses aparecerem?

    Obrigado !

  2. Paulo julho 4, 2008 às 8:34 am

    Eu também instalei essa fonte, mas até agora ainda não consegui escrever nada em japonês.
    Já agora como é que utilizo o Anthy + UIM. Tenho Mandriva 2008 instalado em PT, mas até agora ainda não apareceu nada no meu ecra

  3. benoit quartier março 15, 2012 às 8:03 pm

    Instalar fontes Epson e facil,
    1 – baixe as fontes;
    2- Clique duas vezes nos titulos, tanto no ubuntu ou mint já vem com o instalador de fontes;
    3- a fonte sera instalada no diretório correspondente;

    PS. A proposito, acho esta fonte japonesa e a melhor que achei. Achei também pejorativo o “ne” do titulo.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: